Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Afrobasket feminino: “Samurais” caem aos pés das nigerianas e vão lutar pela quinta posição

Foto FIBAAs “Samurais” não vão revalidar o título de vice-campeãs africanas em basquetebol, pois nesta quinta-feira (01) foram derrotadas pela selecção da Nigéria, por 66 a 71, em partida dos quartos-de-final e agora resta a Moçambique lutar pelo quinto lugar do Afrobasket que decorre nos Camarões.

Depois de uma primeira fase titubeante, as moçambicanas voltaram a entrar para a arena de Yaoundé nervosas e viram a Nigéria adiantar-se no placar e obter uma vantagem de dez pontos apenas reduzida nos minutos finais do primeiro período por um triplo da capitã Deolinda Ngulela e mais dois pontos de Odélia Mafanela.

A perder por 13 a 20 pontos era preciso melhorar na defesa e afinar a pontaria. A experiência de Odélia e das Deolindas foi determinante para equilibrar a partida empatando a 23 pontos com uma bomba da capitã. Cesto lá cesto cá, e outros desperdiçados, nova bomba de Deolinda Ngulela colocou Moçambique na frente. As nigerianas deram réplica e voltaram para a vantagem no marcador saindo para o intervalo a vencer por 36 a 41 pontos.

No terceiro período a capitã Deolinda mostrou como as “Samurais” deveriam lutar reduzindo e dando nova vantagem a Moçambique. A outra Deolinda aumentou ligeiramente a vantagem mas uma bomba de Joyce Ekworomadu empatou a partida a 44 pontos.

Inguivild Mucaro respondeu com outra bomba mas Sarah Ogoke reduziu com dois pontos e depois empatou da linha de lances livres. As defesas apertaram e também da linha de lançamentos livres Odélia voltou a colocar Moçambique na liderança.

As nigerianas replicaram, fizeram nova cambalhota no marcador e tentaram obter vantagem. Inguivild não deixou e reduziu a desvantagem para um ponto. Em seguida Odélia, com um cesto de dois, deu nova liderança as “Samurais” que venciam no término do terceiro período por 54 a 53.

Foto FIBAHá dois anos as nigerianas também tinham atravessado o caminho das nossas meninas e Moçambique tinha levado a melhor, justamente nos derradeiros segundos da meia final disputada em Maputo. Com essa crença a selecção em renovação entrou para o último período mas Joyce Ekworomadu estava imparável, marcoou 20 pontos nesta partida, e abriu as hostilidades dando vantagem à sua selecção.

Filomena Micato desfez da linha de lançamentos livres mas Sarah Ogoke empatou. Odélia somou mais dois pontos, foram 18 em todo jogo na sua conta pessoal, mas Olayinka Sanni empatou e a sua colega Adaora Elonu fez a reviravolta com Olayinka aumentando a liderança.

As “Samurais” tremeram, já faltavam forças às mais experientes, e Sarah Ogoke aumentou para oito pontos a vantagem. Inguivild Mucaro reduziu com dois lançamentos livres certeiros mas as nigerianas voltaram a marcar e cerraram na defesa distanciando-se até aos nove pontos.

A cinco segundos do final Iliana Ventura ainda acertou um triplo mas já não conseguiu evitar a derrota da selecção de Moçambique.

Nesta sexta-feira (02) as “Samurais” procuram terminar o campeonato na quinta posição enfrentando a selecção do Egipto, que foi derrotada pelas donas da casa, as camaronesas.

As selecções que vão disputar um lugar na final de sábado (03) são:

Camarões vs Nigéria

Angola vs Senegal

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!