Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

África do Sul: trabalhadores da SAA em greve

Milhares de técnicos de manutenção da companhia aérea sul-africana (SAA), paralizaram esta segunda-feira, as suas actividades, numa greve em reivindicação a aumentos salariais, segundo o porta-voz do sindicato Satawu, Vincent Masoga. “Os nossos membros estão em greve para um aumento de salário em dois dígitos, ou seja, 12 por cento”, destacou Masoga que afirmou que a SAA propôs um aumento salarial de 6,5 por cento.

Cerca de 1300 técnicos encarregados de manutenção dos aviões da SAA, em todos aeroportos na África do Sul participam do movimento. Esses técnicos, prestam igualmente serviços para outras companhias aéreas que usam os aeroportos sul-africanos, entre as quais a companhia Britânica e a Australiana.

Até ao meio dia desta segunda-feira, a gestora dos aeroportos sul-africanos, a Companhia dos Aeroportos da África do Sul (ACSA), não tinha assinalado perturbações graves dos voos.

O período entre Junho a Agosto, é tradicionalmente a época das greves na África do Sul, pois é a altura em que acontecem as negociações salariais neste país nosso vizinhos que tem a maior economia do continente.

Cerca de 30 mil trabalhadores da indústria automóvel estão igualmente em greve desde há uma semana, paralizando a produção nacional, e 90 mil empregados das BTP paralisaram esta segunda-feira, as suas actividades, segundo o sindicato NUM.

Esse movimento grevista, provavelmente poderá ganhar novos protagonistas, caso as negociações entre o patronato e os sindicatos dos operários da indústria têxtil e das minas de ouro, não chegarem a bom porto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!