Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Adolescente dá luz sozinha e enterra bebé em Sofala

Uma adolescente de 16 anos de idade está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) em Sofala, desde a semana passada, acusada de dar à luz e enterrar vivo o seu recém-nascido, no distrito de Dondo.

Trata-se de um crime considerado infanticídio. A vítima, do sexo feminino, foi desenterrada ainda com vida e imediatamente sorrida para o Hospital Central da Beira (HCB). Porém, volvido algum tempo viria a falecer devido a complicações de saúde.

Segundo as autoridades policiais, a suposta infanticida, que frequentava a 7a classe, começou a queixar-se de dores de barriga, tendo sido encaminhada ao posto de saúde pelos familiares.

Chegado à unidade sanitária, ela dirigiu-se à sala de parto sob a atenção da tia. Porém, ela aproveitou-se da distracção da acompanhante e da enfermeira e fugiu até a parte traseira do hospital, onde entrou em serviço de parto sozinha. Em seguida, a miúda enterrou a bebé, voluntariamente, por motivos ainda não devidamente apurados.

Consta que a menina nunca admitiu para o namorado, nem para a família e tão-pouco para os colegas da escola que estava grávida, pese embora tenha sido confrontada com o facto de apresentar sinais claros de gravidez.

Ela alegou não saber por que razão agiu daquela forma e, neste momento, está limitada a quatro paredes das celas do Comando Distrital de Dondo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!