Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Açúcar: Tongaat Hulett reduz previsões de produção em Moçambique

A Tongaat Hulett, o segundo maior produtor de açúcar da África do Sul, reduziu as previsões de produção das suas fábricas em Moçambique para o ano fiscal que termina em Março de 2012.

Segundo fontes da empresa, esta situação afecta as unidades fabris localizadas no vizinho Zimbabwe. Assim, a produção em Moçambique cai de 270 mil/ 290 mil toneladas para 250 mil/ 270 mil toneladas.

Enquanto isso, para o Zimbabwe, a redução é de 380 mil/400 mil para 360 mil/380 mil toneladas. A matéria-prima para a produção de açúcar em Moçambique poderá ser cultivada numa área de 24.685 hectares.

A Tongaat Hulett não avança as razões para a revisão em baixa das suas previsões de produção para o ano 2011/2012. Neste ano financeiro (2010/2011), em Moçambique, a produção deverá ser de 165.7 mil toneladas contra uma previsão anterior de 185 mil/205 mil toneladas.

Para o efeito, foi cultivado um total de 21.713 hectares de cana-de-açúcar. A Tongaat Hulett tem 14 fábricas em seis países africanos, nomeadamente: Moçambique, Botswana, África do Sul, Swazilândia, Zimbabwe e Namíbia.

Em Moçambique, a firma possui fábricas em Xinavane, província de Maputo, e em Mafambisse, na província de Sofala, no sul e centro do país, respectivamente, totalizando uma capacidade de produção de 327 mil toneladas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!