Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Açúcar bate recorde histórico em Londres, acima dos 20 centavos em Nova York

O açúcar bateu nesta segunda-feira um recorde histórico em Londres, atingindo um novo máximo em três anos em Nova York, o que se explica por uma nova queda do dólar e pelas especulações sobre um défice no mercado. O preço do açúcar para entrega em Outubro subiu a 505,9 libras esterlinas em Londres, um recorde histórico sem precedentes desde o lançamento do contrato, em 1983.

 

O produto não refinado vendido em Nova York com o mesmo vencimento chegou a 19,43 centavos, maior valor alcançado em três anos. O contrato para entrega em Março superou a cota dos 20 centavos, a 20,44 por libra. Este movimento de compras foi desencadeado por uma série de indicadores tranquilizadores na Europa, nos Estados Unidos e na Ásia, além da desvalorização da moeda americana (1,44 por euro, seu nível mais baixo em oito meses), que reforçou o atractivo das matérias-primas, em um mercado animado há semanas pelas especulações sobre um provável défice este ano.

 

A Índia, segundo maior produtor depois do Brasil, estima ter perdido 40% de sua produção em consequência da seca, provocada por uma monção mais leve e tardia do que de costume.

O gigante asiático, que também é o maior consumidor mundial pouco à frente dos Estados Unidos, deve precisar importar o produto este ano. O Brasil, por sua vez, começa a sofrer os efeitos de um excesso de chuvas nos estados produtores do centro e do sul do país, levantando temores de que o “El Niño” afecte a colheita nos meses tradicionalmente secos do ano.

A Organização Internacional do Açúcar (ISO) estima que o défice no mercado de açúcar pode chegar a 7,8 milhões de toneladas no exercício 2008/09, que termina no final de Setembro, mas alguns analistas reavaliaram esta cifra para nove milhões de toneladas na semana passada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!