Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação voltam a matar dezenas de pessoas em Moçambique

A semana passada foi igual a tantas outras anteriores no que diz respeito à (in)segurança rodoviária. Trinta e três pessoas perderam a vida e 61 ficaram feridas, 23 das quais com gravidade, em consequência de 35 acidentes de viação ocorridos em diferentes estradas do território moçambicano, e na sua maioria devido ao excesso de velocidade e a atropelamentos.

Treze, dos 35 sinistros rodoviários, foram do tipo atropelamento, nove despistes e capotamento, oito colisões entre viaturas e motorizadas e cinco choques entre carros, disse Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Ainda dos 35 acidentes de viação, 22 resultaram do excesso de velocidade e os restantes da condução em estado embriagues, da má travessia de peões, do corte de prioridade e da ultrapassagem irregular.

No período em análise, que se estende de 03 a 09 de Setembro corrente, quatro indivíduos foram detidos por tentativa de suborno a agentes da Polícia de Trânsito (PT) na província de Tete, disse o porta-voz do Comando-Geral.

Os visados desembolsaram valores de variam de 200 a 4.000 meticais como forma de evitar as multas que lhes foram impostas por violação das regras de trânsito.

Entre outras acções visando manter a ordem na via pública, a PT fiscalizou 42.496 viaturas e impôs multas a 6.600 delas, contou Inácio Dina.

Segundo o agente da Lei e Ordem, outros 63 veículos foram apreendidos por diversas infracções e cinco pessoas caíram igualmente nas mãos das autoridades por condução ilegal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!