Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam 55 pessoas numa semana

Pelo menos 55 pessoas perderam a vida durante a semana passada, em todo o país, resultado de 109 acidentes de viação. Estes acidentes provocaram ainda 190 feridos, dos quais 104 em estado grave.

O desrespeito as regras mais elementares do código de estrada, nomeadamente o excesso de velocidade, corte de prioridade, condução sob efeito de álcool, excesso de lotação, ultrapassagens irregulares, deficiências mecânicas e má travessia de peões nas vias públicas, são as principais causas destes sinistros. O relatório semanal do Comando Geral da Policia moçambicana (PRM), recebido hoje pela AIM, refere que estes números representam mais 41 óbitos e 30 acidentes de viação comparativamente a igual período de 2008.

A PRM refere que a província de Inhambane, Sul do país, foi a que registou maior número de óbitos, um total de 15, seguindo-se a de Sofala, na região central, com 10, Nampula (Norte) com seis, Gaza (Sul) com cinco, Zambézia e Tete (Centro) e Maputo (Sul) com quatro cada, e Cabo Delgado (Norte) e Manica (Centro) com três cada. A província nortenha de Niassa registou apenas um único óbito.

Na tentativa de inverter a tendência crescente de acidentes de viação, a PRM diz que impôs, durante a semana em análise, um total de 3.776 multas e confiscou 74 cartas de condução. Por outro lado, a fonte destaca que durante este mesmo período a situação criminal em todo o país reduziu em 38 casos. Com efeito, a polícia registou 185 ocorrências de natureza criminal, contra 223 em igual período de 2008. Ainda durante o período em análise, a PRM diz ter recuperado sete armas de fogo.

Uma das armas é de tipo pistola que foi recuperada nas mãos de um jovem de 24 anos, na província central de Tete. O jovem teria sido surpreendido a tentar negociar o engenho, contendo quatro munições, ao preço de 40 mil meticais (o dólar norte-americano equivale a cerca de 27 meticais). Enquanto isso, na cidade de Xai- Xai, em Gaza, a polícia neutralizou um jovem de 27 anos de idade na posse de 24 quilogramas de droga (Haxixe).

Sobre as migrações ilegais, o relatório refere que foram detidos 344 violadores de fronteiras, entre moçambicanos, malawianos, tanzanianos, zimbabweanos e zambianos. Da Republica vizinha da Africa do Sul foram repatriados 280 moçambicanos ilegais. Em contrapartida, as autoridades moçambicanas também repatriaram para os seus países de origem 29 somalis, oito paquistaneses, e quatro bengalis.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!