Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam 24 cidadão e ferem 72 nas estradas moçambicanas

Na semana passada, a Polícia da República de Moçambique (PRM) registou, em diferentes estradas, 24 óbitos em resultado de 33 acidentes de viação – contra 56 em igual período do ano transacto – que causaram ainda 32 feridos graves, 39 ligeiros e danos materiais avultados.

A maior parte dos acidentes foi registada entre às 15h00 e 18h00, segundo Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da PRM.

As autoridades da Lei e Ordem reiteram o apelo de que os automobilistas devem observar, escrupulosamente, as regras elementares de trânsito, os sinais luminosos e outras marcas de trânsito no pavimento.

Os peões, segundo o porta-voz, devem fazer-se à via pública com cuidado e circularem pelos passeios. Entretanto, o agente da Lei e Ordem esqueceu-se de que durante o dia os passeios estão quase todos ocupados pelas viaturas, facto que leva as pessoas a disputarem as faixas de rodagem com os veículos e daí resultam alguns sinistros rodoviários, parte dos quais fatais.

De acordo com Dina, os transeuntes devem ainda, sempre, circularem pelo sentido contrário das viaturas. Antes de atravessarem a estrada é preciso “reparar à esquerda e à direita”, certificando-se de que não existe nenhum perigo.

Por sua vez, os condutores são forçados a reduzir a marcha quando chegarem a locais movimentados e nos cruzamentos, bem como deixar as passadeiras livres para os peões, conforme prevê o Código da Estrada.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!