Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam 21 pessoas e ferem 55 numa semana em Moçambique

Pelo menos 21 pessoas morreram vítimas de carros e outras 55 ficaram feridas, 21 das quais em estado grave, na semana passada, no país, informou a Polícia da República de Moçambique (PRM).

Dos 21 sinistros rodoviários registados no período em alusão, nove foram do tipo atropelamento, três despistes e capotamento e quatro choques entre carros.

O excesso de velocidade, a condução em estado de embriagues e a má travessia de peões foram as principais causa da tragédia, disse o Comando-Geral da PRM. Ainda de acordo a corporação, 64 condutores foram detidos por se fazerem ao volante sem as habilitações necessárias para o efeito e outros 10 por suposta tentativa de suborno aos agentes da Polícia de Trânsito (PT).

Numa outra operação, a Polícia apreendeu sete armas de fogo, das quais duas do tipo AK-47, igual número de pistolas e três caçadeiras, nas províncias de Inhambane, Sofala, Manica, Zambézia, Nampula e Niassa. Em Inhambane, por exemplo, algumas armas foram apreendidas durante uma inspecção a um autocarro.

O suposto dono, de 40 anos de idade, ficou privado de liberdade. Refira-se que, na última semana, o comandante-geral da PRM, Bernardino Rafael, afirmou que as armas de fogo que pululam em mãos alheias e usadas para o cometimento de vários crimes provêm da Polícia e da vizinha África do Sul.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!