Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação fazem oito mortos

Oito pessoas morreram e outras 34 contraíram ferimentos em consequência de 13 acidentes de viação ocorridos última semana na cidade de Maputo, a capital moçambicana. Do total dos sinistros, dois são do tipo atropelamento e onze choques entre carros.

Segundo explicou o Porta-voz do Comando da Polícia moçambicana na cidade de Maputo, Arnaldo Chefo, estes acidentes estão associados ao excesso de velocidade em locais não permitidos, condução em estado de embriaguez, entre outras violações do código de estrada. “O problema não são as estradas e locais de estacionamento, o homem é que é o problema porque mesmo vendo que não está em condições, quer conduzir e estacionar onde não há espaço”, disse Chefo.

Ainda na semana passada, registaram-se quatro roubos e um homicídio voluntário. O homicídio deu-se por volta das 21 horas locais de Terça-feira, no bairro de Maxaquene, onde dois indivíduos, por meio de violência física, ceifaram a vida de um cidadão de nome Francisco Manjate, 32 anos. Segundo Chefo, “quando a nossa equipe se deslocou ao local foram identificados Rofino Filipe e Bartolomeu como autores do crime e que até agora continuam fugitivos”.

Durante a semana finda, houve ainda detenção de 72 indivíduos, dos quais 38 indiciados de crime contra propriedade, dez contra pessoas e 24 contra a ordem e tranquilidade públicas. Na primeira esquadra da cidade foram também apreendidas três viaturas e duas armas de fogo. Tratou-se de quatro indivíduos que depois de terem ameaçado um cidadão, agrediram-no e puseram-se em fuga. “Quando a Polícia tomou conhecimento desta quadrilha, foram descobertos e imediatamente detidos”, disse.

A sétima esquadra desmantelou um grupo de indivíduos que na Quarta-feira, num estabelecimento comercial no “bairro central C”, apoderaram-se de valores monetários, um cheque, produtos de beleza, entre outros bens. O grupo foi surpreendido no Banco quando tentava movimentar o cheque roubado.

Ainda no período em análise, foram recuperadas duas viaturas de marca toyota corola, uma arma de fogo que continha quatro munições, seis telemóveis e valores em Meticais (moeda nacional) e em dólares e randes. A polícia de trânsito fiscalizou 690 viaturas, impôs 263 multas e apreendeu 83 cartas de condução.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!