Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação deixam 16 óbitos nas estradas moçambicanas

Dezasseis pessoas perderam a vida e 44 contraíram ferimentos, 15 das quais em estado grave, em consequência de 21 acidentes de viação, ocorridos de 24 a 30 de Setembro último, em diferentes estradas moçambicanas. A desgraça resultou maioritariamente do excesso de velocidade e dos atropelamentos.

O número de sinistros baixou em 16 casos, comparativamente a igual período do ano passado, em que foram registados 37 acidentes de viação que ceifaram a vida de 44 cidadãos e deixaram 128 feridos, das quais 46 graves.

Dos 21 sinistros que chegaram ao conhecimento das autoridades policiais, 13 tiveram como consequência o excesso de velocidade, quatro resultaram da má travessia de peões, um da condução sob o efeito de álcool, entre outras causas.

Segundo o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), ainda da totalidade dos acidentes registados na semana em análise, 12 foram atropelamentos, três choques entre carro e moto e igual número de despistes e capotamento.

No que tange à fiscalização rodoviária, o trabalho da Polícia de Trânsito (PT) incidiu sobre 44.649 viaturas, das 37 foram apreendidas por diversas irregularidades e 5.313 condutores punidos por violação das regras de trânsito, em todo o país.

Na mesma operação, 232 automobilistas ficaram sem as suas cartas por se fazerem ao volante bêbados e 14 foram presos por condução ilegal.

A PRM reitera o apelo para que os utentes da via pública observem escrupulosamente as normas de trânsito e obedeçam as recomendações das autoridades com vista a evitar e/ou reduzir os acidentes de viação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!