Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes continuam a matar nas estradas moçambicanas

A policia moçambicana registou a ocorrência de 64 acidentes de viação, que resultaram em 47 feridos graves e 54 ligeiros, durante a semana de 12 a 18 de Fevereiro corrente, em todo o território nacional.

Pedro Cossa, porta-voz do Comando Geral da Policia, disse que os sinistros resultaram, maioritariamente, de condução em estado de embriaguez, excesso de velocidade, ma travessia do peão, despiste, entre outras irregularidades.

Falando, terça-feira, no habitual “briefing” com a imprensa para dar o informe sobre a situação criminal naquele período, Cossa revelou que, na procura de formas de manter a segurança nas estradas, a policia fiscalizou 17.114 veículos, tendo aplicado 4.819 multas e apreendido 46 carros.

As autoridades policiais apreenderam ainda 562 cartas de condução por excesso de velocidade, 46 por excesso de álcool, 34 livretes e detiveram 66 indivíduos por condução ilegal.

Como resultado das actividades operativas, Cossa disse que a corporação prendeu, durante o período em apreço, 200 indivíduos por delito comum, incluindo seis agentes da migração e três agentes da polícia.

Os agentes da Migração foram detidos na província de Inhambane, indiciados de envolvimento na falsificação de documentos e os três agentes da policia na província de Maputo por terem aceite suborno no valor de dez mil meticais para soltarem três paquistaneses ilegais que aguardam repatriamento.

Em conexão com a tentativa de soltura de um ilegal aprisionado pela polícia foi detido um guarda prisional na vila fronteiriça da Namaacha, na província de Maputo.

No âmbito criminal, durante o período em análise, foram registados 190 casos, dos quais 161 foram esclarecidos, sendo 120 contra propriedade, 60 contra pessoas e 10 contra a ordem e tranquilidade públicas.

Os restantes detidos foram indiciados de terem praticado crimes de varia índole, dos quais constam homicídios, roubo, porte e uso ilegal de armas de fogo e furto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!