Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidente de viação volta a matar em Inhambane volvidas duas semanas

Um cidadão perdeu a vida e outros 48 ficaram grave e ligeiramente feridos, devido a um sinistro rodoviário ocorrido na noite do último sábado (17), na cidade da Maxixe, província de Inhambane, onde, há duas semanas, um outro acidente de viação deixou três óbitos e 24 feridos, todos da mesma família.

A desgraça, supostamente resultante do excesso de velocidade e da ultrapassagem irregular, envolveu um autocarro de transporte de passageiros, que fazia o sentido Beira/Maputo.

A viatura sinistrada é dos “Transportes Nhancale”, a mesma empresa que, em Agosto deste ano, envolveu-se num outro acidente que matou uma pessoa e feriu outras 38, das quais 15 graves, na zona de Mangungue, na vila de Quissico, distrito de Zavala, em Inhambane.

Na altura, o motorista, de nome Agostinho Matsinhe, pôs-se em fuga, ao se aperceber que foi negligente ao ignorar as ordens da Polícia de Trânsito (PT) para abrandar a marcha.

No sinistro do último fim-de-semana, o condutor cuja identidade não apurámos também está em parte desconhecida.

Segundo apurámos, ignorando o facto de o asfalto estar escorregadio por conta da chuva, o automobilista começou a acelerar o carro, a partir do Rio Save, com a pretensão de chegar à capital do país antes da 22h00.

Chegado ao município da Maxixe, a viatura despistou numa curva.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!