Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

A caminho dos X jogos africanos – Xadrez: Será Ivan o salvador?

Marginalizada ou marginalizandose de todo o movimento visando uma participação a pensar no pódio, que a grande maioria das modalidades trouxeram para as suas agendas, o Xadrez tem uma preparação a decorrer a meiogás, com os habituais pequenos torneios a realizarem-se na Federação.

 

 

Fruto de um conflito cujos contornos mais profundos não são totalmente do domínio público, os melhores xadrezistas boicotaram o Campeonato Nacional e estão suspensos. Esta situação vai dificultar, em muito, a possibilidade de se “aferir” a forma em que cada um se encontra.

Sabido o nível de exigências imposto por este desporto, eminentemente intelectual e sem contacto físico, os jogos e estudos de variantes são uma exigência permanente para o sucesso, o que está sendo descurado.

Face a esta triste realidade, presume-se com realismo que o xadrez tem limitadíssimas chances de chegar a uma medalha. O combinado nacional ainda não tem seleccionador.

Porém, para se “lavar a cara” e não deixar o país totalmente a zero e como tal sem dar réplica aos visitantes, decorrem tentativas de persuadir Ivan Andrade – sem dúvida o maior xadrezista nacional de todos os tempos – a fazer parte do combinado nacional nos próximos Jogos Africanos.

Poderá ser o “Salvador da Pátria” uma vez que já teve, em tempos, estatuto em África funcionando, em simultâneo, como elemento motivador para os colegas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!