Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

9 871 949 eleitores para 12 694 assembleias de voto

Foi publicada na semana passada uma lista completa de todas as 12 694 assembleias de voto para as eleições de 28 de Outubro, pela Comissão Nacional de Eleições, CNE. A maior parte delas são em escolas, reflectindo a expansão da rede escolar nos últimos anos. Mas nas áreas mais remotas haverá muitas mesas de voto na rua ou dentro de barracas. Nos cadernos eleitorais há 9 871 949 eleitores.

A campanha de recenseamento eleitoral feita este ano registou 514 977 novos votantes dentro de Moçambique e 56 360 fora do país (dos quais 40 697 são na África o Sul). Juntando a isto, perto de 500 000 pessoas requereram novos cartões para substituir cartões perdidos e mais de 200 000 que se mudaram recensearam-se outra vez.

Assim a campanha emitiu mais de 1 milhão e 200 mil novos cartões. Há detalhes nas duas tabelas nas próximas páginas. O website da CNE parece estar agora actualizado, embora haja documentos que não são postados de imediato. A mais recente deliberação (Deliberação n.º 67/CNE/2009 de 24 de Setembro) que aprova as localizações das assembleias de voto, não figurou no website até 28 de Setembro; a lista propriamente dita só foi postada um dia mais tarde.

A CNE promete que serão postadas listas completas de candidatos na rede no final desta semana. Estas listas nunca estiveram disponíveis durante as autárquicas do ano passado. A lista final do número de assentos para os vários círculos eleitorais nas assembleias provinciais e nacional foram postadas a 9 de de Setembro.

Há mudanças pequenas reflectindo o recenseamento mais recente – os números de assentos anunciados préviamente eram provisórios. Mas há grandes mudanças em comparação com 2004, possivelmente reflectindo migrações significativas.

A provincial e a cidade de Maputo ganharam 5 assentos parlamentares, reflectindo o crescimento de Maputo e Matola, enquanto as duas maiores províncias, Nampula e Zambézia, perderam um total de 8 assentos. Niassa, Tete e Manica ganharam 2 assentos cada uma; Gaza perde 1 e Sofala perde 2.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!