Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

73 membros de al-Shabab mortos na Somália

Um total de 73 homens armados membros do movimento al-Shabab morreram, no último fim de semana, ao tentar atacar uma base militar somalí situada a 50 quilómetros a norte da cidade de Kismayo, no sul da Somália, anunciaram responsáveis militares somalís.

Citando informações provenientes da zona de Bar Sanghini, na província de Baixa Juba, no sul da Somália, o site de informações « La Nouvelle Somalie » indica que aviões norte-americanos bombardearam os assaltantes cujo ataque foi antes repelido pelo Exército regular, apoiado pelas forças de Jubaland, durante violentos confrontos que duraram duas horas.

La Nouvelle Somalie dá conta da entrada no Hospital de Kismayo de oito corpos das forças governamentais e de 19 feridos, enquanto o grupo al-Shabab indica, num comunicado publicado nas redes sociais, que o ataque contra a base militar fez 41 mortos do lado do Exército.

Por outro lado, a imprensa somalí indicou no fim de semana que confrontos violentos ocorreram sexta-feira última entre os combatentes do movimento rebelde e as forças etíopes membros da Missão da União Africana na Somália.

Estes combates que duraram várias horas ocorreram na sequência do ataque perpetrado pelo movimento contra um cortejo das forças etíopes.

Segundo as mesmas fontes, os confrontos fizeram enormes perdas dos dois lados, indicando que sete camiões das forças etíopes foram destruídos. Estes confrontos ocorridos na província de Bay são os mais violentos na localidade desde 2015, sublinham os observadores.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!