Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

5.000 novos deslocados instalados nos locais públicos em Goma na RD Congo

Mais de cinco mil novos deslocados refugiaram-se em locais públicos em Goma, no Kivu-Norte (na RD Congo), desde o início, a 14 de Julho corrente, das hostilidades entre as Forças Armadas Congolesas (FARC) e os rebeldes do M23, nas localidades vizinhas da capital desta província, indicou, Quinta-feira (24), o Gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA).

Segundo o OCHA, os agentes humanitários prevêem transferir estes deslocados, na maioria crianças, para sítios e campos duradouros em redor de Goma, para facilitar a assistência.

Os novos deslocados que, segundo um relatório de uma missão de fiscalização, desejam regressar às suas casas o mais rápido possível para preparar a próxima estação agrícola, necessitam de abrigos, artigos familiares essenciais e alimentos.

Os serviços de protecção civil da província do Kivu-Norte abastecem água a dois dos sete locais espontâneos de deslocados desde 16 de Julho corrente, e uma ONG desdobrou uma clínica móvel num bairro de Goma para dar cuidados de saúde primários aos novos deslocados.

Até 25 de Junho último, 967 mil pessoas estavam deslocadas na província do Kivu-Norte dos quais cerca de 160 mil nos campos e sítios de deslocados na periferia de Goma.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!