Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

30 migrantes clandestinos morrem ao largo de ilha italiana de Lampedusa

As autoridades maltesas anunciaram ter descoberto, domingo último, 30 corpos num barco de madeira ao largo da ilha italiana de Lampedusa que separa a Tunísia da Sicília.

A embarcação que navegava em águas agitadas tinha a bordo 600 pessoas, essencialmente cidadãos sírios, precisaram as autoridades maltesas, acrescentando que o barco de migrantes clandestinos foi socorrido por um barco dinamarquês a 80 quilómetros ao largo da ilha italiana de Lampedusa.

As autoridades militares maltesas afirmam que as vítimas morreram pisadas na sequência de movimentos anárquicos no interior do barco, enquanto os serviços de socorros italianos indicam que elas foram asfixiadas pelo gás em fuga no interior da embarcação.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!