Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

27 em 130 migrantes salvos após naufrágio da sua embarcação ao largo de Itália

Vinte e sete migrantes foram salvos de um total de 130 vítimas do naufrágio, quinta-feira, de uma embarcação ao largo das costas de Sicília, em Itália, anunciou a organização Médicos Sem Fronteiras, qualificando o acidente de “trágico”.

Segundo as estatísticas fornecidas pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), os 10 primeiros meses do ano em curso registaram o número mais alto de vítimas entre os refugiados e migrantes que tentam atravessar o Mediterrâneo para a Europa.

A média de mortos passou de uma pessoa em cada 269 migrantes, no ano passado, para uma pessoa em cada 88 este ano, indicou o ACNUR, precisando que a eventualidade de morte é mais provável no trajecto Líbia-Itália do que em todos os outros caminhos.

O trajecto Líbia-Itália faz em média um morto em cada 47 migrantes que atravessam, acrescentou a agência onusina para os refugiados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!