Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

20 militares nigerinos mortos em ataque suicida de terroristas no norte do país

Pelo menos 20 militares nigerianos morreram e 16 outros ficaram feridos no ataque suicida perpetrado, na manhã desta Quinta-feira (23, pelo Movimento para a Unicidade e Jidhad na África Ocidental (MUJAO) contra um quartel da cidade de Agadez, no norte do Níger, indica um comunicado do ministro nigerino da Defesa, Karidjo Mahamadou.

Segundo este comunicado, por volta de 5 horas 30 minutos de madrugada, dois grupos de indivíduos armados, munidos de explosivos que vieram a bordo de dois veículos de marca Toyota, assaltaram simultaneamente um quartel de Agadez e a fábrica da Empresa das Minas do Ar (SOMAIR) em Arlit, a mil quilómetros a norte de Niamey.

“Estes ataques terroristas perpetrados por kamikazes foram contidos pelos elementos das Forças Armadas que, apesar das perdas registadas, neutralizaram os assaltantes, incluindo os que se fizeram explodir. O balanço é pesado : 20 mortos e 16 militares feridos e três falecidos do lado dos assaltantes”, precisa o comunicado.

Em Arlit, 14 civis ficaram feridos e dois assaltantes foram abatidos. Segundo o ministro da Defesa, estes ataques foram reivindicados pelo MUJAO, um grupo de jihadistas instalados no vizinho Mali.

Ele garantiu que a situação está «sob controlo» e que as buscas continuam para encontrar os assaltantes em fuga. O governante nigerino anunciou um luto nacional de 72 horas a partir desta Quinta-feira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!