Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

180 malianos regressam da República Centro Africana

Um primeiro grupo de 180 cidadãos malianos oriundos da República Centro Africana (RCA) e refugiados nos Camarões chegou a Bamako a bordo dum avião duma companhia italiana.

Este grupo de refugiados malianos, que chegou, domingo (2), era liderado pelo cônsul-geral do Mali nos Camarões, Moussa Balla Diakité. Segundo o diplomata, a operação de repatriamento foi possível graças ao Governo maliano, apoiado pela Organização Internacional das Migrações (OIM) e pelas autoridades camaronesas.

“Os nossos compatriotas chegaram ao território camaronês pela fronteira a 900 quilómetros de Doualá. Depois, eles foram transportados até à cidade de Doualá, alojados para, enfim, serem conduzidos para Bamako”, declarou Diakité, que estima em milhares os cidadãos malianos residentes na RCA.

Afirmou que os Malianos deste primeiro grupo viviam nas cidades próximas das fronteiras camaronesas, precisando que “isto tornou possível o seu repatriamento”. O contingente que chegou, domingo, ao Mali é constituído essencialmente por mulheres, alguns jovens e crianças.

No total, 720 malianos refugiaram-se em Doualá para escapar às exacções, violações sexuais, pilhagens e aos massacres e exprimiram a vontade de regressar ao Mali. Além dos Camarões, vários Malianos refugiaram-se igualmente no Tchad.

Mais de mil dos três mil malianos oficialmente identificados na RCA já foram repatriados devido ao conflito intercomunitário desencadeado neste país após a destituição do regime do Presidente François Bozizé.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!