Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

10 jovens mortos por caça ilegal no Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo

Pelo menos 10 jovens, oriundos da Província de Gaza, que caçavam ilegalmente foram mortos este ano pelas autoridades do Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo.

“Temos a lamentar que temos muitas mortes que advém da caça furtiva, estamos a perder muitos jovens em Massingir, em Mapai e Chicualacuala” revelou a jornalistas a Directora Provincial da Terra Ambiente e Desenvolvimento Rural em Gaza, Juliana Mwito.

A fonte explicou que “os jovens são apenas operativos, os mandantes estão muito longe, apanham os rapazes com aspiração de melhorar a sua vida e são aliciados com grandes valores” para que entrem no Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo – que compreende o Parque Nacional do Limpopo em Moçambique, o Parque Nacional do Kruger na África do Sul e o Parque Nacional do Gonarezhou no Zimbabwe – e cacem principalmente o rinoceronte para cortarem o seu corno que é procurado nos mercados medicinais asiáticos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!