Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Zimbabwe declara estado de emergência nas zonas rurais pela seca

O presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, declarou nesta sexta-feira o estado de emergência pela forte seca provocada pelo El Niño, que acabou com grande parte das colheitas do país e disparou o alarme nas zonas rurais.

“Dada à magnitude do impacto do El Niño e da continua ameaça de seca, o presidente declarou o estado de emergência nas regiões rurais mais gravemente afectadas”, informou o ministro de governo local, Saviour Kasukuwere.

A declaração representa um alívio para os 60 distritos rurais do país, que concentram 2,4 milhões de pessoas – 26% da população -, já que a medida agilizará o envio de ajuda humanitária ao país.

As províncias Masvingo e Matabeleland Sul, perto da fronteira com a África do Sul, perderam de 65% a 75% das plantações de milho previstas para o primeiro semestre.

No final de Janeiro, o Banco de Central do Zimbabwe pediu um empréstimo de 200 milhões de dólares norte-americanos para importar alimentos, mas a severidade da seca e a limitada capacidade financeira do país obrigarão ao governo de Mugabe a pedir ajuda à comunidade internacional.

Mais de 16 mil cabeças de gado morreram de fome nas últimas semanas devido à falta de chuva em 95% do país durante a temporada de verão, que vai de Novembro a Março, acrescentou Kasukuwere.

O ex-primeiro-ministro e líder opositor do Movimento para a Mudança Democrática (MDC, sigla em inglês), David Coltart, criticou Mugabe pela demora em declarar o estado de emergência e lembrou que o seu partido reivindicava isso há semanas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!