Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Voo desaparecido da Air Algerie caiu com 116 a bordo, diz autoridade

Um voo da Air Algerie caiu nesta quinta-feira (24) quando seguia de Ugadugu, em Burkina Fasso, no oeste da África, para Argel, com 110 passageiros e 6 tripulantes a bordo, confirmou uma autoridade da aviação da Argélia.

A companhia aérea privada espanhola Swiftair, dona do avião, que era operado pela Air Algerie, confirmou ter perdido contato com a aeronave, um McDonnell Douglas MD-83. Há poucas indicações do que pode ter ocorrido com a aeronave, ou se há vítimas, mas o ministro dos Transportes de Burkina Fasso, Jean Bertin Ouedrago, disse que o avião pediu para mudar de rota às 16h38 (horário local) por causa de uma tempestade na área.

“Posso confirmar que caiu”, disse à Reuters um alto funcionário argelino que não quis identificar-se ou dar detalhes sobre o que havia ocorrido ao avião em seu trajeto para o norte.

Quase metade dos passageiros tinha cidadania francesa, segundo um funcionário da companhia aérea argelina.

Um porta-voz do Exército da França informou que dois jatos franceses que têm base na região foram enviados para tentar localizar o avião ao longo de sua provável rota.

A agência de notícias estatal argelina APS disse que as autoridades locais perderam contato com o voo AH 5017 uma hora depois de ele decolar de Burkina Fasso, embora outras autoridades tenham dado informações diferentes sobre o momento do desaparecimento, o que aumentou a confusão sobre o destino do avião e onde ele poderia estar.

Um diplomata em Bamako, capital do Mali, afirmou que uma forte tempestade de areia abateu-se durante a noite sobre o norte malinês, que fica na rota de voo do avião.

Qualquer que seja a causa, um outro desastre na aviação provavelmente vai elevar o nervosismo no setor, já que um avião da Malaysia Airlines foi derrubado sobre a Ucrânia na semana passada e um outro, da TransAsia Airways, caiu durante uma tempestade na quarta-feira em Taiwan. Além disso, várias companhias aéreas cancelaram voos para Tel Aviv por causa do conflito na Faixa de Gaza.

O representante da Air Algerie em Burkina Fasso, Kara Terki, disse em entrevista à imprensa que todos os passageiros do avião estavam em trânsito, para a Europa, Oriente Médio ou Canadá. Terki informou que a lista de passageiros inclui 50 franceses, 24 burquinenses, oito libaneses, quatro argelinos, dois luxemburgueses, um belga, um suíço, um nigeriano, um camaronês, um ucraniano e um romeno. Ele não especificou as nacionalidades dos demais.

No entanto, um porta-voz da entidade que congrega pilotos da Espanha, a Sepla, disse que os seis tripulantes eram espanhóis, mas não deu mais detalhes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!