Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Visão Mundial aplica 5,5 milhões de dólares em Gaza

Cerca de cinco milhões e meio de dólares norte-americanos estão a ser aplicados, em Gaza, desde Outubro de 2010, pela Visão Mundial em programas de aumento de renda de agregados familiares rurais, contra a insegurança alimentar e HIV/SIDA e malária.

Parte deste valor, ou seja, cerca de um milhão de dólares, irá ser gasta no financiamento de obras de construção da Escola Primária de Timbane, no distrito de Xai-Xai, para cerca de duzentas crianças que estão neste ano lectivo a estudar ao relento, constatou no local o vice-presidente da Visão Mundial para África Austral, Bruce Wilkinson, que recentemente visitou em missão inspectiva os programas da sua organização em implementação em Moçambique.

Em Gaza, aquela organização filantrópica actua em quatro distritos, dos quais Guijá a partir de 2011, financiando obras de construção e apetrechamento de escolas, unidades sanitárias e de geração de renda que beneficiam, particularmente, grupos de mulheres camponesas pobres para auto-sustento.

“Muitas destas mulheres já conseguem custear despesas escolares dos seus filhos e já conseguem elas próprias melhorar as suas casas comprando chapas de zinco para cobertura do tecto das suas habitações”, indicou ao Correio da manhã Maria Odete Soares, coordenadora dos programas da Visão Mundial em Gaza.

No país e com orçamento anual de cerca de 30 milhões de dólares, a Visão Mundial está, em Gaza, Inhambane, Tete, Manica, Sofala, Nampula e Zambézia, a realizar programas e projectos de agricultura e segurança alimentar, prevenção do HIV/ SIDA, de patrocínio à criança, saúde materno/infantil e nutrição, abastecimento de água e saneamento e ainda ligados à advocacia e desenvolvimento de infra-estruturas.

Tem como parceiros estratégicos o Governo moçambicano, a Agência dos Estados Unidos da América para o Desenvolvimento (USAID), União Europeia, Reino Unido, Canadá, Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Programa Mundial de Alimentação (PMA).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!