Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

USD 420 milhões/ano contra mudanças climáticas

Cerca de 420 milhões de dólares norte-americanos deverão ser gastos, a partir de 2030, em acções de minimização dos efeitos negativos da subida da temperatura responsável por cheias e secas cíclicas que têm assolado Moçambique, segundo o Banco Mundial (BIRD).

Basicamente, o valor deverá ser aplicado em acções que garantam uma melhor gestão das bacias hidrográficas, trabalhos de pesquisa sobre melhores técnicas para aumento da produção agrícola em tempos de seca e cheias e manutenção de estradas e pontes para a contínua circulação de pessoas e bens perante aqueles dois tipos de desastres da natureza.

“É preciso que haja mais consciência sobre o assunto e criar uma estrutura de gestão sólida e urgente para permitir a utilização dos fundos de forma eficiente e eficaz”, realça o documento do Banco Mundial em poder do Correio da manhã.

No global, o estudo concluiu que o custo total da adaptação às mudanças climáticas nos países como Moçambique será de cerca de 100 biliões de dólares norte-americanos, a partir de 2030.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!