Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

USD 1,25 bilião para construção da Central Térmica de Benga

Cerca de 600 megawatts de energia eléctrica deverão ser produzidos, a partir de 2013, pela Central Térmica de Benga, no distrito de Moatize, em Tete, num investimento estimado em cerca de 1,25 bilião de dólares norte-americanos.

A sua construção será seguida pela expansão da sua capacidade até dois mil megawatts de energia, em linha com o chamado Projecto da Espinha Dorsal de Energia, do Governo moçambicano, cuja primeira fase estará destinada para ser distribuída através da rede nacional de transporte.

Uma porção desta energia será consumida pelos projectos mineiros de Benga e Zambeze, que estão a ser concretizados no distrito de Moatize, apurou o Correio da manhã na província central de Tete.

O Governo moçambicano “tem dado forte apoio ao projecto”, segundo fonte ligada ao empreendimento, o que já permitiu a celebração de um acordo de princípios, aprovação de estudos ambientais e assinatura de um memorando de entendimento entre os investidores externos do projecto e a empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM), relativamente ao acesso e transporte de energia eléctrica.

Também já foi rubricado um outro documento com um consumidor industrial da energia a ser produzida pela Central Térmica de Benga, estando em processo de finalização da empreitada para a engenharia e construção do projecto e introdução de um parceiro estratégico para se envolver no projecto de construção da Central Térmica de Benga.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!