Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Universidade Católica de Moçambique gradua 305 licenciados e mestres em Nampula

As Faculdades de Direito e Educação e Comunicação, da Universidade Católica de Moçambique (UCM) em Nampula, graduaram, no último Sábado (20), 305 estudantes de diferentes cursos nos graus de licenciatura e mestrado.

Os recém-graduados, entrevistados pela Reportagem do @Verdade, afirmaram, em uníssono, que existem oportunidades para todos no mercado de trabalho em Nampula, uma vez que acreditam que os cursos oferecidos pela instituição que os formou são de extrema importância para o desenvolvimento da província, em particular, e do país, em geral.

Rui Martins, mestre em Direito, pretende dar a continuidade às actividades de magistratura que vinha desenvolvendo e acredita que a conclusão do nível superior vai melhorar o seu trabalho. Em relação aos recém-graduados desempregados, encorajou-os referindo que ninguém pode ficar desesperado por falta de emprego porque “não fomos ensinados a estar limitados. É necessário que haja iniciativa para a criação de auto-emprego”.

Ema Gonçalves disse que, neste momento, o seu desafio é fazer mestrado de modo a ter mais oportunidades de trabalho. Por sua vez, Sanito Cintura afirmou que “não fomos formados para procurar emprego, mas sim para buscar conhecimentos que nos permitam ultrapassar os actuais desafios do país”, os quais não detalhou.

Entretanto, indicou que a conclusão do curso não significa o rompimento com a academia, mas sim o início de uma ligação com os problemas que fazem parte do quotidiano das comunidades e a busca das respectivas soluções.

O reitor da UCM, Alberto Ferreira, referiu que frequentar um curso de nível superior significa uma mudança de atitude aceitando as transformações que se impõem na sociedade, respeitar os outros independentemente do seu estatuto social.

Por seu turno, a governadora de Nampula, Cidália Chaúque, manifestou-se satisfeita ao ver que as mulheres estão a ganhar espaço na sociedade e priorizam a sua formação académica.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!