Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

União dos Democratas de Moçambique

M ais um partido politico emergente no país acaba de se apresentar publicamente na cidade de Nampula, e compromete- se a concorrer nas eleições gerais e provinciais previstas para este ano.

Trata-se da União dos Democratas de Moçambique (UDM), fundada em Janeiro do ano em curso, e presidida por José Viana, ex-presidente da Link, fórum das organizações da sociedade civil no país.

Estêvão de Fátima, eleito delegado politico na província de Nampula, que forneceu esta informação ao nosso jornal, referiu que, ainda este mês, o líder daquela formação politica deverá escalar alguns distritos da província de Nampula, entre os quais se destaca o distrito de Mogincual onde irá solidarizar-se com as famílias, cujos parentes perderam a vida numa cadeia da Policia da República de Moçambique.

A nossa fonte disse que a UDM está a ter grande aceitação ao nível das comunidades. E sublinhou que a delegação política do seu novo partido em Nampula conta com 617 membros, maioritariamente dissidentes da Frelimo e da Renamo. Apontou, a titulo de exemplo, a secretária da OMM da direcção social do bairro de Muahivire que, também, se integrou na UDM. Nós fizemos parte da Frelimo renovada, mas não iremos prometer acções apenas com a intenção de aliciar o povo. Propomo-nos, de facto, acabar com a exclusão social, o tribalismo, e implantar a unidade nacional, que o partido no poder não consegue.

Sublinhou Estêvão de Fátima, acrescentando que a UDM está determinada em desenvolver um combate cerrado contra a criminalidade e outros males que apoquentam a nossa sociedade, por forma a proporcionar um ambiente mais estável à população.

Enquanto aguardamos pelo seu reconhecimento jurídico pelos órgãos competentes, o partido vai desenvolvendo algumas actividades inerentes à divulgação dos seus princípios da nossa formação politica, e à angariação de mais membros. Anotou a fonte.

Refira-se que o delegado político provincial da União Dos Democratas de Moçambique, Estêvão de Fátima, é, também, presidente da Organização dos Desempregados de Nampula (ODEONA), e foi candidato independente às primeiras eleições autárquicas. E, anteriormente, militou na Frelimo, primeiro, e depois na Renamo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!