Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Um doente mental provoca incêndio em Nampula

Um doente mental provoca incêndio em Nampula

Um indivíduo com perturbações mentais provocou incêndio no bairro de Murapaniua-Ratane, tendo reduzido a cinzas 50 fartos de plástico e uma habitação pertencente a uma família constituída por 12 pessoas. Presentemente, desconhece-se em quais circunstâncias o incêndio foi provocado.

O chefe do posto administrativo municipal de Natikiri, amade António, deu a conhecer que, neste momento as autoridades locais estão a tentar criar providências no sentido de poder identificar um local provisório para albergar os 12 membros que compõem o agregado familiar que foi afectado pelo incêndio.

Acrescentou que se pretende solicitar o responsável do material plástico que foi queimado, que reside na cidade da Beira, no sentido de esclarecer a proveniência e o destino do produto supostamente reciclado. Mas a nossa reportagem apurou que o material tinha como destino a cidade da beira, onde seria vendido a uma fábrica de utensílios plásticos, nomeadamente, cadeiras, bacias, entre outros.

O responsável da família que, presentemente, está desalojada revelou que, dentre vários, pertences ora colocados a cinzas, destaca-se o desaparecimento de um valor avaliado em 10 mil meticais, cama, baldes, colchão, e quantidades não especificadas de produtos alimentares. Na altura em que ocorreu o incidente, estavam no interior da residência uma idosa e uma criança de apenas cinco anos de idade, pessoas que não foram capazes de evitar que o pior acontecesse. Por enquanto não foi disponibilizado um apoio social para aquela família que viu todos os seus pertences reduzidos a cinzas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!