Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tunísia prorroga estado de emergência

O estado de emergência em vigor na Tunísia há mais de dois anos foi prorrogado por três meses desde sexta-feira, anunciou um comunicado oficial. Ele foi instaurado em janeiro de 2011 durante a sublevação popular que derrubou o regime totalitário do antigo Presidente Ben Ali, que fugiu para a Arábia Saudita.

Esta prorrogação foi decidida pelo Presidente Moncef Marzouki, depois de concertações com o chefe do Governo, Hamadi Jebali, e o presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Mustapha Ben Jaâfar, segundo um comunicado da Presidência tunisina.

A medida surge num contexto tenso marcado por uma crise política persistente agravada pelo assassinato, a 6 de fevereiro, do opositor Chokri Belaïd, que provocou violências em várias regiões do país.

A situação tornou-se ainda mais delicada com a descoberta de depósitos de armas no sul do país e perto de Túnis implicando grupos religiosos radicais.

Segundo o ministro do Interior, Ali Larayedh, algumas pessoas são suspeitas de estar ligadas à organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!