Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tsvangirai nega que acidente tenha sido tentativa de assassinato

O primeiro-ministro do Zimbábwe, Morgan Tsvangirai, descartou nesta segunda-feira que o acidente de trânsito que matou sua esposa, Susan, na sexta-feira passada, tenha sido uma tentativa de assassinato.

“Quando acontece algo, sempre há especulações, mas quero destacar que neste caso, se foi um ato criminoso, seria uma posibilidade entre mil”, declarou Tsvangirai.

“Foi um acidente e infelizmente ela morreu”, completou Tsvangirai que retornou ao Zimbábwe para preparar o funeral da esposa.

O acidente aconteceu na sexta-feira quando o casal retornava de carro para Harare, procedente de Buhera, donde participou de um comício.

O veículo do primeiro ministro e um caminhão de uma agência anglo-americana chocaram-se na estrada. O acidente aconteceu três semanas depois de Tsvangirai assumir o cargo de primeiro-ministro em um governo de união presidido por Robert Mugabe, no poder desde 1980.

Tsvangirai retornou nesta segunda-feira a Harare depois de ser submetido a exames médicos em Botswana. O avião presidencial de Botswana com Tsvangirai pousou às 11H30 locais no aeroporto internacional.

O chefe de Governo não tinha bagagens visíveis, mas estava com o rosto inchado.

O primeiro ministro  retornou ao Zimbábwe para preparar o funeral da esposa.

Na terça-feira será celebrado um ato público em memória de Susan Tsvangirai na capital Harare, com o funeral na quarta-feira na Buhera, sua cidade natal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!