Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Troca de tiros deixa onze mortos em eleição local no Paquistão

Onze pessoas foram mortas quando partidos políticos rivais dispararam uns contra os outros neste sábado, dia em que o Paquistão votou em eleições locais vistas como um referendo do governo nacional, actualmente no meio do mandato.

A violência irrompeu no distrito de Khairpur, na província de Sindh, no sul do país, um dos locais da votação, assim como a província central do Punjab. Não ficou claro de imediato que partidos foram responsáveis pelas mortes.

“Onze pessoas morreram quando dois grupos abriram fogo”, disse o vice-inspector geral da polícia, Kamran Fazal, à Reuters.

Liderada por Imran Khan, astro internacional de críquete que partiu para a política, a oposição espera que o pleito irá ajudar a construir uma coalizão nacional que possa desafiar o partido Liga Muçulmana do Paquistão-Nawaz (PMLN, na sigla em inglês), do primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, na próxima eleição geral.

As duas outras províncias do Paquistão realizaram suas votações locais meses atrás. Khan venceu em Khyber Pakhtunkhwa, no noroeste, e a legenda de Sharif e dos seus parceiros de coligação venceu na província pouco habitada do Baluquistão, no oeste.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!