Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três terroristas condenados à pena capital na Tunísia

Três jihadistas (islamitas terroristas) tunisinos foram condenados quarta-feira à pena capital ao passo que dezenas de outras pessoas foram condenadas a penas de prisão efectiva por assassinato dum gendarme em 2012 na região de Kasserine, na fronteira com a Argélia, soube-se junto do porta-voz do tribunal, Kamel Barbouch.

Os três condenados à morte são um Argelino, Khaled Chaied “Lokman”, Abou Sakhr, chefe da milícia “Okba Ibn Nafaa”, ala do Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) de que o Ministério do Interior havia anunciado a morte em Julho último numa operação antiterrorista em Gafsa, no sul tunisino.

Também fazem parte da lista dois Tunisinos, designadamente, Mourad Gharsalli e Mohamed Fethi Hajji, que cumprem uma pena capital “por homicídio premeditado e participação num crime premeditado”.

O Tribunal proferiu no total 75 sentenças, incluindo 37 por contumácia por acusações de terrorismo, precisou o porta-voz.

As penas de prisão vão de um a 21 anos e, entre os detidos, figuram Seifallah Ben Hassine “Abu Iyadh”, chefe da milícia e organização terrorista Ansar Al Sharia, instigador do ataque contra a Embaixada dos Estados Unidos da América em Setembro de 2012 e que fugiu, desde então, da Líbia, bem como o Franco-Tunisino Abou Bakr Hakim, envolvido no assassinato de dois opositores em 2012.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!