Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três pessoas morreram soterradas num areeiro em Cabo Delgado

Três pessoas cujas identidades não apurámos perderam a vida, entre elas duas mulheres, e a outra sobreviveu ao desmoronamento de uma camada de terra dum areeiro ilegal, que funcionava nas imediações duma lixeira, na manhã de segunda-feira (19), na cidade de Pemba, província de Cabo Delgado.

O desastre aconteceu por volta das 06h00, no bairro de Cariacó, numa altura em que as quatro vítimas extraiam areia, como de costume, para diferentes finalidades, entre elas a edificação das suas moradias.

A sobrevivente contraiu ferimentos ligeiros no membro inferior direito e foi ela quem deu indicação de que havia gente debaixo da terra. O local destinado à deposição do lixo por várias vezes foi anunciado que seria encerrado, o que ainda não se concretizou até hoje. Trata-se de uma promessa bastante antiga.

A derrocada de terra deu-se numa zona onde, para além de ser lixeira, há famílias a viverem no cimo do areeiro e correndo todos os riscos. A edilidade local disse que iniciou um processo de retirada das pessoas que vive nas imediações do local para evitar danos, mas na iniciativa não se faz sentir devido à lentidão na sua execução.

Logo após o deslize de terra o Serviço Nacional de Salvação Pública (SENSAP) esteve no local para socorrer as vítimas mas não dispunha meios apropriados para o efeito, tendo sido necessário o Conselho Municipal de Pemba disponibilizar bulldozer. Fizemos o que era possível”, disse o bombeiro Alfeu Nomboro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!