Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três mortos em novas violências no nordeste da Líbia

Duas pessoas foram abatidas, na tarde da sexta-feira (12), em Benghazi, no nordeste da Líbia, devido ao recrudescimento de uma série de crimes nesta cidade, palco de confrontos armados, soube-se de fonte próxima do Centro Hospitalar local.

Trata-se de um dignitário salafista identificado como Akram Saleh al-Dursi, e de um civil identificado como Tarek Ramadan al-Misrati, que foram evacuados para este hospital, de acordo com a fonte.

O primeiro perdeu a vida durante uns disparos feitos por desconhecidos ao passo que o segundo faleceu na explosão dum engenho colocado por baixo do seu veículo. O civil era irmão dum oficial dos Serviços de Segurança, coronel Jumaa al-Misrati, assassinado a 26 de Novembro de 2013.

Quinta-feira última, um estudante, chamado Mohamed Senoussi Kasrifoi, assassinado em Derna (leste), disse a fonte. O estudante que frequentava a Faculdade de Medicina foi baleado igualmente por desconhecidos, indicaram fontes locais.

Violentos confrontos opõem regularmente as forças do Exército Nacional dirigidas por um general aposentado, Khalifa Haftar, às forças do Conselho do Conselho dos Revolucionários de Benghazi.

Aviões de combates, armas pesadas, mísseis, foguetes e tanques de guerra são utilizados nestes combates que provocaram o deslocamento dos habitantes de bairros próximos das linhas de frente.

Expostos a grupos armados de radicais islamitas, a cidade de Derna é palco, à semelhança de Benghazi, duma série de violências desde a destituição, em agosto de 2011, do então regime de Muamar Kadafi, após 42 anos de poder absoluto.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!