Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

TRAC interrompe reabilitação na EN4 durante 7 dias “por ocasião da Páscoa”

A empresa Trans African Concession (TRAC), concessionária de duas portagem em Moçambique, interrompe obra de reabilitação na Estrada Nacional nº4, entre Mahlhampsene e o cruzamento do Shoprite, no Município da Matola, durante 7 dias “por ocasião das celebrações da Páscoa”. Em Moçambique, por ocasião da Páscoa, o Governo apenas concedeu meio dia de tolerância de ponto para os trabalhadores que professam a religião cristã.

Os utentes da EN4, que pagam um valor alto para circular na via, vão ter que suportar durante mais algum tempo as obras de reabilitação

Aparentemente, segundo o comunicadoda TRAC, esta interrupção laboral deve-se ao facto da reabilitação estar a cargo de uma empresa sul-africana que pelos vistos não se rege pelas leis laborais em vigor em Moçambique.

No comunicado que estamos a citar a TRAC “reitera o apelo aos automobilistas e demais utentes da N4, para que conduzam com prudência e respeitem a sinalização temporária de trânsito colocada na zona de obras ao longo da via, sobretudo nestes dias em que se prevê um aumento do tráfego devido às férias da Páscoa que muitas empresas sul-africanas concedem aos seus trabalhadores.”

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!