Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

TPI inicia julgamento do rebelde maliano Al Mahdi

O Tribunal Penal Internacional (TPI) anunciou, quinta-feira, que o julgamento do rebelde maliano Ahmad Al Faqi Al Mahdi vai iniciar-se a 22 de Agosto corrente, na sede da jurisdição, em Haia, nos Países Baixos.

Al Mahdi é acusado de crimes de guerra relativos à presumível destruição, entre 30 de Junho e 11 de Julho de 2012, de monumentos históricos e religiosos em Tombouctou, no Mali.

Um comunicado do TPI transmitido à PANA, em Nova Iorque, indica que o julgamento vai ser realizado na Câmara da Primeira Instância VIII, presidida pelo juiz Raul C. Pangalangan, assistido pelos juízes Antoine Kesia-Mbe Mindua e Bertram Schmitt.

“Devido à intenção manifestada por Al Mahdi de se declarar culpado, o julgamento vai durar quase uma semana e os juízes vão deliberar e proferir uma decisão sobre a culpabilidade ou a inocência do acusado e a sentença”, indicou.

Se o recluso se declarar “não culpado” na abertura do julgamento, a audiência vai ser adiada para uma outra data.

A confirmação das acusações contra Al Mahdi foi realizada a 1 de Março de 2016. A Câmara Preliminar do TPI confirmou, a 24 de março de 2016, as acusações de crimes de guerra formuladas contra Al Mahdi no que diz respeito à destruição de monumentos históricos e religiosos em Tombouctou e remeteu o caso à Câmara da Primeira Instância VIII para julgamento.

Al Mahdi foi entregue ao TPI a 26 de setembro de 2015, após um mandado de captura emitido a 18 do mesmo mês e ano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!