Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Toyota defende seu sistema eletrónico após recall

A Toyota, que recentemente fez um recall para 9 milhões de veículos, realizou na segunda-feira uma demonstração on-line para defender seu sistema eletrónico, acusado de falhas estruturais.

A demonstração, transmitida pela Web em tempo real da unidade da Toyota na região de Los Angeles, buscava rebater as afirmações de um professor de tecnologia de uma universidade de Illinois, David Gilbert, de que os problemas de aceleração involuntária de certos carros da montadora japonesa se devem a problemas estruturais do sistema eletrónico.

Gilbert apresentou suas conclusões a uma comissão parlamentar no dia 23 de fevereiro, mas Mike Michaels, porta-voz da Toyota, afirmou que o professor “manipulou” e “mudou circuitos”, “reprogramando” o sistema eletrónico dos veículos analisados de um modo “que não ocorre no mundo real”.

“Não se pode modificar os ramais de um circuito e esperar que se comporte como foi concebido para fazer”, assinalou Chris Gardes, professor de engenharia mecânica de Stanford, que participou da demonstração da Toyota como especialista “independente”.

A equipe da Toyota também chamou de “enganoso” um vídeo do canal ABC News que encenava uma aceleração involuntária de um Toyota, produzido pelo professor Gilbert. Mas a ofensiva da Toyota foi ofuscada horas mais tarde, quando um modelo Prius acelerou sem controle em uma estrada movimentada da Califórnia, antes de ser detido pela polícia.

James Sikes, 61 anos, dirigia o veículo na rodovia interestadual 8, perto de San Diego, quando percebeu a aceleração involuntário do carro, informou a polícia californiana. Sikes alertou a polícia, que conseguiu deter o carro com uma viatura à frente que reduziu a velocidade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!