Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Tmcel vai levar 4G para todo Moçambique e anuncia para breve 5G

tmcel-RafiqueJusob

A Tmcel-Moçambique Telecom anunciou, para breve, o lançamento da tecnologia LTE 5G e expansão do actual 4G (LTE) para o resto do País, esperando-se, igualmente, a breve trecho, o arranque do projecto de instalação de 3.600 quilómetros da rede de fibra óptica, no País, no âmbito da transformação da operadora de telecomunicações numa empresa digital.

Este investimento tecnológico foi dado a conhecer pelo presidente do Conselho de Administração, Mahomed Rafique Jusob, no decurso de um “media breakfast” (pequeno almoço com a imprensa) ocorrido quarta-feira, 23 de Junho, em Maputo, no Centro de Formação de Telecomunicações.

Segundo foi dado a conhecer, a carteira de novos investimentos tecnológicos da Tmcel inclui ainda o relançamento da carteira móvel Mkesh completamente modernizada, com múltiplas funcionalidades, algumas das quais inovadoras para o mercado.

“A implementação da tecnologia de última geração 5G, aliado ao projecto da expansão da rede 4G, está na fase de testes em Maputo e, se tudo decorrer conforme o programado, dentro de um mês chegarão, ao País, os respectivos equipamentos, o que permitirá à empresa operar em toda rede nos parâmetros da tecnologia LTE 4G”, disse.

Para já, em parceria com a empresa chinesa Huawei, a primeira operadora 100% moçambicana modernizou a rede nas cidades de Maputo e Matola, num investimento de 23 milhões de dólares norte-americanos, em resultado da venda de alguns activos não essenciais ao negócio, o que tem permitido a melhoria qualitativa na transmissão de dados e voz.

O propósito, segundo Mahomed Rafique Jusob, é estender esta tecnologia a toda extensão territorial do País, tornando a Tmcel apta para providenciar um serviço de melhor qualidade. “Daí estarmos quase a concluir um processo de financiamento muito importante para a modernizaçao e complementaridade da rede, a chamada rede de fibra óptica de elevada capacidade”, enfatizou.

Em parceria com a empresa sueca Erickson, a Tmcel está, igualmente, a modernizar o sistema de facturação (“charging system”), num investimento de cerca de sete milhões de dólares norte-americanos. Trata-se da substituição do actual sistema obsoleto: “Vejam que estamos a fazer a transição da versão cinco para a versão 21”, frisou.

Relativamente à dívida comercial com a Vodacom, decorrente de interligação entre ambas as operadoras, Mahomed Rafique Jusob reiterou que a sua comunicação, através da imprensa, gerou danos reputacionais incalculáveis à Tmcel: “Vamos pagar, porque a dívida existe. Pagaremos 200 milhões de meticais dentro dos próximos três meses, passando, a partir daí, a pagar a dívida corrente e a acumulada, numa média de 12 milhões mensais que inicia no mês de Junho”, concluiu.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

3 respostas

  1. Parabéns tmcel. Precisamos de concorrentes fortes nas telecomunicações. Isso só trará vantagens aos consumidores com possível redução do protagonismo da vodacom.

  2. Façam isso, trabalhem na abrangência de mais compatriotas, quero ver a Tmcel dos velhos tempos onde estava em tudo neste país. Orgulhosamente moçambicano
    eu sou mcel

Responder a Mavie Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!