Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tentativa de roubo de milhões de meticais acaba em cadeia em Nampula

Um indivíduo com mais de 40 anos de idade encontra-se privado de liberdade na cidade de Nampula, província com o mesmo nome, suspeito de tentativa de roubo de cinco milhões de meticais através de cheque num estabelecimento bancário.

Para lograr os seus intentos, o visado dirigiu-se ao banco, onde, recorrendo a um cheque que não lhe pertencia, tentou descontá-lo no valor de cinco milhões de meticais.

Ao aperceberem-se de irregularidades no cheque em alusão, os funcionários do referido banco mandaram o presumível dono do dinheiro aguardar. Confrontados os dados com a documentação apresentada pelo cidadão ora detido, descobriu-se que o cheque pertencia a uma empresa de empresários moçambicanos e portugueses.

Perante a situação, a Polícia da República de Moçambique (PRM) foi solicitada para ajudar a esclarecer o assunto, tendo optado a deter o indiciado por haver fortes suspeitas de que o cheque foi roubado.

Enquanto isso, na cidade da Matola, província de Maputo, a corporação deteve três indivíduos também acusados de se apropriar de dinheiro alheio, no valor de 120 mil meticais.

Segundo Fernando Manhiça, porta-voz da PRM naquela parcela do país, os três cidadãos fazem parte de uma quadrilha de burladores que actuam na caixas automáticas, vulgos ATM.

Na sua última incursão, eles ofereceram-se para ajudar um cidadão que tinha dificuldades de levantar dinheiro nas referidas máquinas e, na altura, eles conseguiram ter acesso ao PIN do mesmo e trocaram o seu cartão por um outro. Já num outro local, eles esvaziaram a conta da vítima por via de transferências.

Um dos implicados negou o seu envolvimento mas admitiu, porém, que é ladrão de telemóveis e carteiras. Disse que actua sobremaneira em locais bastante movimentados ou com aglomeração de pessoas. Fernando Manhiça disse que foram achados 11 cartões de diferentes bancos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!