Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Suspeito de praticar assaltos linchado na Matola

Um jovem identificado pelo nome de Victor Ubisse morreu nas mãos de populares, acusado de tentativa de assalto a uma casa no fim-de-semana, na cidade da Matola, província de Maputo.

Testemunhas disseram ao @Verdade que o finado, de 26 anos de idade, foi confundido com um ladrão, depois de supostamente ter sido surpreendido no tecto de uma residência, no bairro Singatela, tentado se fazer ao interior da mesma. Na altura, ele estava na companhia de seus presumíveis comparsas, os quais se puseram ao fresco quando o dono da casa gritou pelo socorro.

Os vizinho não se fizeram de rogados e quando saíram para acudir capturaram o finando e praticaram a justiça pelas próprias mãos. Ainda segundo testemunhas, Victor foi submetido à tortura física e, em seguida, queimado vivo.

Em consequência deste acto, que apesar de ser veementemente condenado pelas autoridades continua sem freios, a Polícia da República de Moçambique (PRM), na Matola, deteve o dono da casa que alegadamente seria assaltada.

Pessoas próximas da vítima disseram que ela sofria de epilepsia – Doença cerebral caracterizada por convulsões e suspensão súbita e momentânea da acção do coração ou interrupção da respiração. Por isso, não acreditam que morreu um inocente.

Contudo, questiona-se o que é que o malogrado fazia em cima de uma casa e qual era a finalidade dos instrumentos contundentes encontrados no local do crime.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!