Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Surto de sarampo no Malawi propaga-se para Moçambique

O surto de sarampo que eclodiu no vizinho Malawi em Março último está a propagar-se para Moçambique, segundo confirmam as autoridades sanitárias daquele país. O chefe dos serviços de saúde no distrito malawiano de Mwanza, Frank Sanyizi, citado pela Rádio Moçambique (RM), estação pública, confirmou que dos vinte e seis casos registados até agora naquela zona dois são moçambicanos e os restantes malawianos.

O distrito malawiano de Mwanza faz fronteira com Moçambique através do posto administrativo de Zobwé e, neste momento, receia-se a ocorrência de mais casos de sarampo em algumas regiões da província de Tete.

Esta situação ocorre numa altura em que as autoridades de saúde de Moçambique estão preocupadas com o ressurgimento de casos de sarampo no país, uma doença já decretada como erradicada no país. A preocupação das autoridades sanitárias moçambicanas agrava-se devido à eclosão desta doença nos países vizinhos, como Africa do Sul, Zimbabwe e Malawi. De referir que a partir de 2006, os casos suspeitos de sarampo em Moçambique reduziram de 12.942 para 556 no ano passado.

O chefe dos serviços de saúde no distrito malawiano de Mwanza revelou que foram vacinadas algumas pessoas em certas zonas críticas daquela zona, mas não foi possível cobrir todo o distrito por falta de meios. O Malawi necessita de cerca de quatro milhões de dólares americanos para a cobertura dos vinte e oito distritos, mas os doadores só disponibilizaram trezentos mil dólares.

Assim, a vacinação abrange crianças de idades compreendidas entre os nove meses e quinze anos. De referir que até agora foram contabilizados no Malawi mais de dois mil casos desde a eclosão da epidemia em Março passado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!