Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Surgiu monstro que vai reduzir afogamentos

A ligação rodoviária entre a vila de Rapale, sede do distrito de Nampula e a localidade de Jaiane (celeiro da cidade), bem como desta para o vizinho distrito de Muecate, passa a ser efectuada, sem qualquer sobressalto, mesmo no período chuvoso, com a inauguração, na última quinta-feira, da ponte sobre o rio Monapo, considerada como um dos maiores ganhos das populações e uma das causas impulsionadoras do desenvolvimento sócioeconómico daquela região.

 

 

Com 10 metros de extensão, a ponte faz limite entre os povoados de Nathepo e Nakopa, localidade de Nicuia, devendo beneficiar, de forma directa, mais de nove mil pessoas que, diariamente, atravessam o rio para a prática da agricultura, exploração dos recursos florestais e faunísticos, na zona de Jaiane ou para efeitos de aquisição e venda de diversos produtos, assistência médica e medicamentosa na sede do distrito e na capital provincial de Nampula.

Avaliadas em 1.235.642 meticais, do Orçamento Geral do Estado, as obras duraram 104 dias, tempo que a empresa Leisegang&MC, Lda descreve de “recorde”.

Constitui matéria de orgulho e de satisfação recebermos, hoje, uma ponte de construção de raiz e que vai for talecer a amizade entre as populações com o governo. Observou Lucas Manuel, um dos lideres comunitários da localidade de Nicuia.

O administrador do distrito, Armindo Gove, disse que para além de facilitar a comunicação e rápida circulação de pessoas e bens, aquela infra- estrutura irá reduzir os sistemáticos casos de afogamento de pessoas, quando estas pretendiam atravessar para cada uma das margens do rio.

Para aquele governante, já não faz sentido que as crianças de Nakopa e de outras comunidades circunvizinhas não prossigam com os seus estudos em Rapale ou, os doentes não sejam evacuados para às unidades sanitárias, com a máxima urgência possível.

O Administrador de Nampula desafiou, igualmente, a população no sentido de aumentar os seus campos de produção agrícola, como forma de contribuir na promoção do desenvolvimento daquele distrito em particular, e da província de Nampula, em geral.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!