Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sul-africanos vão injectar USD 500 milhões nos corredores de Maputo, Beira e Nampula

Cerca de 500 milhões de dólares norte-americanos deverão ser aplicados, nos próximos oito anos, pelo grupo empresarial sul-africano Corvus Investment International para viabilizar projectos ligados ao sector de agro-negócios ao longo dos Corredores de Desenvolvimento de Maputo, Beira e Nampula.

Na fase inicial deste projecto estão a ser aplicados 140 milhões de dólares para produção, a partir de 2013, de arroz, frutas tropicais e hortaliças, de acordo ainda com a companhia, realçando que o desenvolvimento daquelas actividades agrícolas, em Moçambique, deverá envolver acções de apoio a pequenos agricultores no sentido de melhorarem os seus níveis de produção e produtividade e para fazerem face às mudanças climáticas.

No entender da Corvus Investiment International, também activa na Etiópia e Tanzânia, Moçambique pode, muito rapidamente, reduzir a insegurança alimentar que afecta a maioria da sua população, “se houver maior envolvimento do sector privado na exploração das potencialidades existentes na agricultura”.

Frisa-se que, para além desta companhia sul-africana, várias outras empresas estrangeiras têm estado a manifestar interesse em desenvolver actividades agrícolas nos corredores de Maputo, Beira e Nampula, segundo o Ministério da Agricultura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!