Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Suecos premiam Youssou N’Dour por trabalho pelo entendimento religioso

O cantor e compositor senegalês Youssou N’Dour foi um dos vencedores do prémio musical sueco Polar, num reconhecimento pela sua música e pelo seu trabalho em prol do entendimento inter-religioso.

Ele dividirá o prémio de 1 milhão de coroas suecas (153,2 mil dólares) com a compositora finlandesa Kaija Saariaho, que faz música de câmera, obras orquestrais e óperas, e é conhecida por combinar instrumentos acústicos e sons eletrónicos.

Vencedores anteriores do prémio incluem Paul McCartney, Bob Dylan e Yo-Yo Ma.

O comité encarregue do prémio disse que N’Dour, já premiado com o Grammy, é “não só um cantor, mas um contador de histórias, poeta, cantor notável, artista do entretenimento e historiador verbal … que trabalha para reduzir as animosidades entre a sua própria religião, o islamismo, e outras religiões”.

Sobre Saariaho, o comité disse se tratar de “uma maestrina moderna, que abre nossos ouvidos e faz com que suas bigornas e estribos se apaixonem”.

O Prémio Polar foi fundado em 1989 pelo editor e letrista Stig Anderson, agente do Abba.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!