Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Sudão: detidas manifestantes contra chicoteamento

A polícia no Sudão deteve cerca de 30 mulheres que participavam numa manifestação contra o chicoteamento de uma jovem mulher. O incidente foi filmado e as imagens, que mostram agentes policiais a chicotearem uma mulher diante de uma multidão, foram divulgadas na internet.

As manifestantes tentaram entregar uma petição ao Ministério da Justiça, na capital, Cartum, quando foram enfiadas nas traseiras de um camião e transportadas para uma esquadra da polícia na zona. Acabaram por ser mais tarde libertadas. O correspondente da BBC James Copnall, que estava no local, disse ter sido empurrado para o chão pela polícia sudanesa, e que o seu material foi confiscado. Segundo Copnall, o chicoteamento é um castigo bastante recorrente no país.

As mulheres condenadas por crimes que vão desde venda de álcool a “uso de roupas indecentes” ou adultério são condenadas ao espancamento pelos tribunais muçulmanos sudaneses Sharia.

No ano passado a jornalista Lubna Hussein atraiu grande destaque internacional, quando foi multada por usar trajes considerados indecentes em público – neste caso umas calças verde-escuro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!