Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Subiu para 73 número de vítimas mortais da explosão de um camião-tanque em Caphiridzange

Entre a tarde de sexta-feira(18) e a manhã deste domingo(20) mais 13 doentes, com graves queimaduras, perderam a vida no Hospital provincial de Tete elevando para 73 o número de vítimas mortais da explosão de um camião-tanque com gasolina na passada quinta-feira (17) na localidade de Caphiridzange, no distrito de Moatize, na província de Tete.

“A nossa situação infelizmente continua crítica, nas últimas 24 horas registamos sete óbitos entre eles quatro são crianças e uma mulher grávida. Neste momento estamos com 71 doentes, sendo 22 ainda em estado” declarou na manhã de sábado Verónica de Deus, substituta da directora da maior unidade sanitária de Tete, disse à Rádio Moçambique.

Entretanto até a manhã deste domingo outros seis doentes internados acabaram por não resistir às graves queimaduras que tinham nos seus corpos.

A tragédia aconteceu na localidade de Caphiridzange para onde se dirigiu um camião-cisterna viajava com destino ao Malawi, conduzido por um cidadão malawiano, que terá mudado da sua rota para efectuar uma paragem no local onde iria vender clandestinamente alguma da gasolina que transportava.

Informações preliminares indicam que centenas de populares, adultos e crianças de ambos os sexos, aproximaram-se do camião que pegou fogo, cerca das 15 horas, em circunstâncias ainda não esclarecidas, e explodiu causando a morte de 44 pessoas no local.

Neste domingo(20) cumpre-se o segundo dia do Luto Nacional de 3 dias decretado pelo Governo de Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!