Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Subestação da EDM em Lionde fora de serviço devido ao mau tempo no Sul de Moçambique

As chuvas fortes acompanhadas de vendaval que fustigaram as províncias do Sul de Moçambique nesta sexta-feira(30) causaram a queda “de 12 torres de transporte de energia, entre os troços Macia – Lionde, deixando a subestação do Lionde fora de serviço, afectando todos os distritos do norte de Gaza”. Segundo um comunicado da Electricidade de Moçambique (EDM) a “reposição temporária da linha que poderá ser concluída em 3 semanas, enquanto a reposição definitiva poderá levar 12 meses”.

O mau tempo, que além de vento forte foi acompanhado pela queda de granizo nas províncias de Gaza e de Inhambane na madrugada de quinta-feira(29), originou “avarias nas infraestruturas de transporte e distribuição de energia eléctrica, provocando cortes no fornecimento de energia nas cidades da Matola, na província de Maputo, Xai-xai e Chókwè, em Gaza, e Inhambane e em vários bairros dos arredores destas cidades”, indica um comunicado da EDM.

De acordo com o comunicado que estamos a citar, equipas da EDM desdobraram-se por vários pontos das infraestruturas na procura de identificação dos problemas e das consequentes soluções, tendo conseguido até ao final da tarde deste sábado restabelecer o fornecimento de energia eléctrica nas cidades e arredores da Matola, Xai-Xai, Chókwè e Inhambane.

“A EDM informa ainda que o mau tempo causou a queda de 12 torres de transporte de energia entre os troços Macia – Lionde, deixando a subestação do Lionde fora de serviço, afectando todos os distritos do norte de Gaza, os quais prosseguem trabalhos para uma solução alternativa. No momento prosseguem trabalhos de mobilização de equipamentos para reposição temporária da linha que poderá ser concluída em 3 semanas, enquanto a reposição definitiva poderá levar 12 meses”, refere o comunicado que termina apelando para “o uso racional e eficiente de energia eléctrica” e pede a compreensão dos seus clientes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!