Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Standard Bank e Shell formam gestores de PME´s

Alexandre Battaglia, representante da Shell em Moçambique

Trinta proprietários, gestores e representantes de Pequenas e Médias Empresas (PME) beneficiaram, entre os dias 13 e 16 de Julho, de uma formação em matérias de Higiene, Saúde e Segurança no Ambiente de Trabalho, promovida pela Incubadora de Negócios do Standard Bank, em parceria com a Shell.

Ministrada pela EnergyWorks, uma empresa moçambicana especializada em Sistemas Internacionais de Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho, entre outros, a formação, que decorreu num ambiente virtual, visava aprimorar o conhecimento e compreensão das PME sobre os tipos de riscos ocupacionais de trabalho que podem ocorrer no seu dia-a-dia.

Pretendia-se, através desta formação, transmitir, aos participantes, ferramentas e conhecimentos que lhes permitam gerir os riscos inerentes ao trabalho, implementando as políticas e procedimentos correctos.
Desta forma, as PMEs seriam capacitadas para responder às demandas dos concursos para prestar serviços ou fornecer produtos a grandes corporações multinacionais que actuam em diversas áreas, tais como Petróleo e Gás, Infraestruturas, Transporte e Logística, Confecção de Alimentos, Mineração, entre outras.

Na abertura da formação, o administrador delegado do Standard Bank, Chuma Nwokocha, explicou que a formação resulta de um memorando de entendimento assinado com a Shell em 2015, que visa capacitar as PME moçambicanas em diversas matérias, de modo a que estejam preparadas para aproveitar oportunidades criadas pelas multinacionais, principalmente as que estão envolvidas no desenvolvimento de projectos de gás.

Na ocasião, Chuma Nwokocha realçou o facto de esta ser a primeira formação ministrada com recurso a meios tecnológicos, o que a torna mais inclusiva dada a participação de representantes de PME de oito províncias do País.

“A Covid-19 forçou-nos a ser mais criativos e inovadores, por isso esperamos que aproveitem ao máximo os conhecimentos e as ferramentas que obtiveram durante a formação”, disse o administrador delegado do Standard Bank, dirigindo-se aos participantes.

Por seu turno, o representante da Shell em Moçambique, Alexandre Battaglia, referiu-se à importância da Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho na vida dos trabalhadores e parceiros de negócio de uma empresa, principalmente numa altura em que o País, em particular, e o mundo, no geral, estão a ser assolados pela pandemia da Covid-19.

“Agora, tornou-se ainda mais urgente reforçar as medidas de segurança de modo a proteger os nossos trabalhadores e colegas. As organizações com sucesso adoptam a cultura de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho a todos os níveis, independentemente do seu tamanho. E vocês, como empreendedores, têm a oportunidade de introduzir, mais cedo, estes elementos na cultura das suas empresas”, sublinhou Alexandre Battaglia.

Instado a fazer o balanço dos quatro dias da formação, Emmy Bosten, Directora Geral da EnergyWorks, enalteceu a proactividade e coesão demonstradas pelos participantes, que, na sua opinião, devem começar a olhar para este aspecto (da Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho) com mais seriedade.

“O que mais vale não é a formação, em si, mas sim o que vão fazer de hoje em diante. Se não implementarem estas regras, estarão a perder uma oportunidade de salvar uma vida ou demonstrar o seu compromisso com o bem-estar dos seus colaboradores, o capital essencial para as organizações, e das demais partes interessadas, como por exemplo os seus clientes, fornecedores etc.,”.

Para os participantes, a formação foi pertinente por ter sido promovida numa altura em que as empresas são desafiadas a buscar mais conhecimento e ferramentas pois só assim é que poderão tirar vantagens das oportunidades que surgirem em diversos sectores do mercado.
“Foi um desafio participar nesta formação, por ter sido virtual, mas os formadores foram excelentes. Vamos seguir as orientações e implementar as regras de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho nas nossas empresas”, disse Filomena Matimbe, que falava em nome dos participantes.

Os participantes comprometeram-se, também, a partilhar os conhecimentos, bem como o material didáctico disponibilizado pelos formadores com as empresas que manifestarem interesse em introduzir ou melhorar a componente de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho.
Importa realçar que as cinco melhores PME que participaram na formação vão beneficiar de um “coaching” adicional com vista à implementação efectiva das normas de Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho nas respectivas áreas de actividade.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!